terça-feira, 28 de junho de 2016

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Esposende Cup

O Esposende Cup 2016 reuniu no Estádio Padre Avelino P. Filipe, em Marinhas muita gente para a final de iniciados, entre SC Braga e FC Porto e para a cerimónia de encerramento. Na final de iniciados só houve golos na segunda parte. Marcou primeiro o FC Porto, mas o SC Braga conseguiu empatar. Nos penaltis levou a melhor o FC Porto que assim vence a segunda edição deste torneio. O ano passado havia ganho o Celta de Vigo. 
 
 
 

Classificações dos primeiros por cada escalão e também das equipas do FC Marinhas:

TRAQUINAS (24 equipas):
1º- Santa Maria FC
2º- Geração Benfica Viana do Castelo
3º- Fiães SC
...11º- FC Marinhas


BENJAMINS (28 equipas)
1º- Fiães SC
2º- Geração Benfica Viana do Castelo
3º- O Fintas
...13º- FC Marinhas




INFANTIS (18 equipas)
1º- FC Marinhas
2º- AD Esposende
3º- Gibraltar FA



INICIADOS (24 equipas)
1º- FC Porto
2º- SC Braga
3º- Celta de Vigo
...12º- FC Marinhas

domingo, 26 de junho de 2016

Outra vez campeão

A equipa de Infantis A do FC Marinhas consegui ser mais uma vez campeã. Desta vez, foi no Esposende Cup, terminando uma época "em cheio". Na final, jogada no Estádio Horácio Queirós, em Forjães, num jogo às 14h00 e com a temperatura a rondar os 30 graus, a equipa de Ricardo Costa ganhou a AD Esposende por 6-0. Recorde-se que já o ano passado Esposende tinha perdido a final neste mesmo estádio com o Salgueiros 08 e desta vez perdeu neste derbi concelhio. Para o Marinhas, é o terminar de uma época cheia de sucessos, de um grupo que se revelou muito forte, tanto a nível distrital como concelhio. Parabéns ao FC Marinhas.

 
 

Resultados do FC Marinhas:
FC Vizela- FC Marinhas (1 - 0)
FC Marinhas- O Fintas (3 - 0)
Gandra FC - FC Marinhas (0 - 4)
Pevidem SC - FC Marinhas (0 - 3)-Penalização do Pevidem.
FC Marinhas - AD Esposende (6 - 0)

Campinho S. José


sábado, 25 de junho de 2016

Acidente

A festa de S. João (Monte), ficou marcada por um infeliz acidente que vitimou os dois homens encarregados de lançar o fogo de artificio, Joaquim Abreu (Quinzinho) e Cândido, ambos de Rio de Moinhos. Já na parte da final da procissão, deu-se o acidente quando um dos petardos demorou a detonar e o Quinzinho foi ver o que se passava e foi atingido na cara. Rapidamente vieram duas ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Esposende e um outro carro do INEM. Ao que se sabe o Cândido não teve ferimentos graves, mas o Quinzinho foi levado para o Hospital S. João, no Porto.

 

S. João